calendário de redes sociais

O calendário de redes sociais que a sua Tecnológica deve usar!

As redes sociais são uma peça fundamental do puzzle de Inbound Marketing. Sim, mesmo para as empresas do segmento B2B. Por isso, já estamos a pensar como é que a sua empresa pode tirar o máximo proveito destas plataformas que abarcam cerca de 6 milhões portugueses, através de um Calendário de rede sociais.

Uma boa presença nas redes sociais tem várias vantagens para uma empresa tecnológica:

  • Apresentar a company culture, o que é um grande apoio no recrutamento de novos talentos.
  • Criar outra janela de oportunidade para interagir com stakeholders.
  • Gerar mais tráfego para os seus artigos e materiais.
  • Construir uma imagem de marca que vai além do core business da empresa – por exemplo, ao demonstrar responsabilidade social.
  • Abrir as portas para o Social Selling e para os anúncios de leads no Facebook e no LinkedIn.

Se a sua empresa não tem um plano para as redes sociais, e só publica quando alguém sugere “pôr algo nas redes hoje”, é natural que ainda não tenha observado nenhum destes benefícios. Afinal, a regularidade das publicações é talvez o fator que mais contribui para o sucesso das redes sociais, e isso só se consegue através de um bom planeamento e isso só se consegue através de um bom calendário de redes sociais.

Se publica em demasia, o mais provável é perder o interesse dos seguidores. Se publica pouco e de forma irregular, o mais provável é desaparecer dos feeds dos seguidores, devido ao algoritmo que se baseia na interação. O resultado de ambas as situações é perder seguidores ou nunca chegar a ganhá-los, o que deita por terra qualquer aspiração.

As boas notícias é que aceder a estas vantagens é bem mais simples do que pode estar a pensar. O primeiro passo (e o mais importante) é criar um calendário editorial onde planeia as publicações: as imagens, as descrições, a data prevista da publicação, o responsável pela publicação e os canais adequados.

Para que deixe de andar à deriva nas redes sociais, criámos um calendário de redes sociais em Excel que pode já descarregar! Veja como usá-lo e leia algumas dicas para tirar máximo partido das redes sociais enquanto empresa tecnológica B2B.

Como usar o calendário de redes sociais

Estabeleça os canais

Trabalhamos com empresas tecnológicas há tempo suficiente para saber que as redes sociais em que devem apostar são, no mínimo, o LinkedIn, Facebook e Twitter. Daí essas 3 colunas estarem pré-definidas no template. No entanto, pode adicionar colunas à folha de cálculo com outros canais, como o Instagram ou o Medium.

Estabeleça uma frequência

Já vimos a importância de estabelecer uma regularidade nos posts, que não devem ser demasiado frequentes ou dispersos. Provavelmente, só vai conseguir encontrar o equilíbrio certo para a sua audiência depois de muita prática.

Sugerimos uma estratégia intensiva: comece com uma frequência mais alta (> 4 semana no Facebook/LinkedIn e > 5 vezes dia no Twitter) para captar a atenção dos seguidores. Aproveite para promover as publicações e aumentar o alcance das publicações. Depois, analise os resultados para perceber o tipo de conteúdo que funciona melhor. Quando notar que está a perder tantos ou mais seguidores do que está a ganhar, está na altura de abrandar o ritmo e focar-se nos conteúdos com melhor taxa de sucesso (mas sem repetir sempre os mesmos temas).

Estabeleça um horário

Tal como a frequência, os horários também devem ser testados. Muitas ferramentas de agendamento de publicações nas redes sociais fazem esta análise por si. Por isso, ao escolher a sua app, escolha uma que lhe forneça estes (e outros!) insights valiosos.

Estabeleça os temas

Tudo o que mencionámos até agora é subjetivo, isto é, não deve pesquisar “qual é a melhor altura para publicar” e esperar que as respostas se adequem a si, por exemplo. Tudo depende da sua audiência. Mas se há uma coisa que é universal nas redes é o estilo de abordagem recomendada: ao planear os temas, pense nos interesses da sua audiência primeiro e só depois nos seus interesses comerciais.

Este é um exemplo de como um tema de interesse geral pode fazer sentido na estratégia de redes sociais de uma empresa de TI. A tecnológica Carto associou-se a uma iniciativa no âmbito da saúde das mulheres no Quénia. Os resultados e desafios foram depois apresentados numa conferência digital aos seus clientes B2B: um híbrido entre case study e um tema de responsabilidade social.

Tipo de publicação

Aqui, também faz sentido em falar no que funciona universalmente. As imagens aumentam em 150% a interação dos posts (tanto que atualmente é impensável criar posts sem imagens). Os vídeos com legendas (que podem ser consumidos sem som), são especialmente eficazes. Outros tipos de publicações possíveis são links e carrosséis (várias imagens).

Hashtags

As hashtags servem dois propósitos:

  • participar numa conversa em que várias pessoas estão envolvidas, o que lhe traz alguma exposição: por exemplo, escrever um post sobre a #websummit2021;
  • construir uma campanha: por exemplo, ao lançar uma grande atualização de um software, faz sentido subordinar os posts desse tema à mesma hashtag, e assim criar uma campanha unificada e facilitar a navegação dos posts.

Por essa razão, encontre os hashtags certos para fazer “parte das conversas” certas que o vão levar à sua audiência. Ferramentas como a RiteTag dão sugestões de hashtags com interações ou que estão trending, para evitar enviar posts para o vazio.

Dicas para as publicações

O LinkedIn e o Facebook têm um limite de de 700 caracteres, mas recomendamos que corte o post bem antes disso. A partir do caracter 140, a mensagem é escondida com um “ver mais”, por isso é uma boa ideia resumir a sua mensagem dentro desse limite. Os limites do Twitter são bem mais célebres. Deve resumir o seu post a 280 caracteres, mas atenção que os links também contam.

Por falar em links que publica nas redes sociais, há duas coisas importantes a considerar:

  • Parâmetros UTM: elementos que adiciona aos links que ajudam a rastreá-los para efeitos de análise de dados. Crie aqui os seus links com parâmetros UTM.
  • Links Open Graph e Twitter Card: Quando publica um link para o seu website, blog ou landing page (ou alguém publica), as redes sociais geram uma pré-visualização automática que inclui uma imagem, descrição, link e título. É muito importante para a eficácia dos posts poder controlar esta apresentação, por isso veja aqui como funciona e como alterar.

Quanto às imagens, todas as redes têm dimensões específicas. Por isso, ao criar publicações certifique-se que a imagem é visualizada corretamente e adapte as imagens para os formatos necessários. Conheça aqui as dimensões das imagens das redes sociais.

Faça download do calendário editorial para as redes sociais que criámos para empresas de tecnologia e comece já a pôr estas dicas em prática.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment