Email Marketing para TI

Os 8 melhores formatos de Email Marketing para TI

Diversos estudos mostram que o ROI do email marketing continua a aumentar, mesmo depois da implementação do RPGD. Isto é especialmente verdade no segmento B2B, em que o ROI se situa acima dos 3000%! Perante estes resultados, o email marketing está rapidamente a tornar-se o canal de comunicação favorito dos marketers B2B.

Graças ao aumento da popularidade de metodologias de Marketing e Vendas como o Inbound Marketing ou o Inside Sales, as previsões apontam para um uso cada vez mais intensivo deste canal no futuro. Mas onde é que isto deixa a sua empresa? Como é que se pode destacar na caixa de entrada dos seus Clientes e não acabar no spam num abrir e piscar de olhos?

A OUTMarketing deixa-lhe algumas ideias – à medida das empresas de Tecnologias de Informação – para se poder inspirar. Com conteúdos realmente úteis e alguma criatividade, temos a certeza que conseguirá manter a sua audiência fiel e engaged.

8 Formatos de Email Marketing para TI que pode (e deve) experimentar

1.   Curadoria de conteúdo

Uma newsletter que reúne e resume algumas das notícias e novidades da indústria. É eficaz porque é como se fosse um mini-clipping que oferece aos seus subscritores, clientes e leads, que vai ajudar a manter-se atualizados. Porém, lembre-se que é algo que lhes deve trazer valor – e não uma ferramenta para se promover a si mesmo.

Todas as semanas, o fundador da Kissmetrics, Hiten Shah, faz um resumo das suas publicações favoritas relacionadas com temas como SaaS, marketing e vendas.

SaaS_email marketing
fonte: hiten.com

2.   Atualização de produto

Fez uma atualização ao seu produto, serviço ou solução? Mesmo que seja pequena, os seus clientes querem saber! Quem sabe se esta não é a atualização que vai convencer de uma vez por todas a audiência que ainda estava indecisa? Este é o tipo de email que pode levar a um aumento repentino de Clientes e que mostra aos Clientes atuais que tem em consideração o feedback que recebe.

O exemplo que se segue ilustra uma série de pequenas atualizações que podem fazer toda a diferença para os clientes do software SaaS de faturação Moloni.

moloni_email marketing
fonte: Moloni.pt

3.   Conteúdo rico

Quando falamos em conteúdo rico, queremos dizer whitepapers, ebooks, vídeos, case studies ou histórias de sucesso, templates. Isto é, conteúdos que conseguem abordar um tema de forma aprofundada e com aplicabilidade no dia a dia do Cliente.

A OUTMarketing usa o email marketing para fazer um resumo mensal dos conteúdos ricos com o objetivo de ajudar as empresas de TI a alavancar o negócio. Que tal, subscrever a nossa Newsletter? Basta preencher o formulário que se encontra na coluna à sua direita, exatamente onde diz “Subscrever o nosso blog”.

4.   Ativação

Acabou de angariar um novo cliente no seu SaaS. Parabéns! Agora, o seu objetivo é ajudá-lo no onboarding e reduzir o atrito da primeira experiência ao máximo. Este é o primeiro passo para controlar a sua taxa de churn – adquirir um novo cliente tem custos, não vai querer perdê-lo tão cedo.

A Asana sabe que tem um programa de gestão de projetos com muitas funções e que o início pode ser confuso. O seu email de ativação é especialmente proativo e incita à ação com os passos mais básicos do software, como criar uma tarefa ou atualizar uma data limite.

asana

5.   Reativação

Os emails de reativação são importantes para recuperar o interesse dos subscritores mais apáticos. Assim, os CRMs ou ESP (email service providers) permitem segmentar as listas por data de atividade e enviar emails automáticos aos contactos que já não abrem emails há mais de “x” tempo. A mesma lógica aplica-se aos clientes que não fazem login no software, caso seja aplicável. O objetivo é usar esta comunicação para voltar a despertar o interesse.

A Dropbox Paper, por exemplo, usa o seguinte email para reforçar a facilidade com que os utilizador podem usar o software e para tal destacam a lista de templates já existentes.

6.   Oferta de demo/trial

Se tem um SaaS com modelo de subscrição e ainda não oferece um trial ou uma demo, pare tudo e crie já essa possibilidade. Dar a oportunidade a potenciais Clientes de experimentar o seu produto tem muitos benefícios: não só, dá provas do valor do seu software, como ainda passa confiança.

Por exemplo, o SaaS de gestão de projetos Airtable criou um novo produto e ofereceu imediatamente um período de experimentação. Este é 2 em 1 perfeito, porque até pode levar a um upsell mais tarde.

7.   Dicas

Enviar newsletters pedagógicas é a maneira mais rápida de entrar na vida dos seus clientes. Este género de newsletters abrange vários tipos de conteúdo: tutoriais, conselhos e dicas, alertas sobre alterações em legislações relevantes e qualquer informação que estabeleça o seu know-how.

O Slack tem uma newsletter de “dicas, truques e how-to’s” que explora alguns dos tópicos mais populares da plataforma. Além disso, fazem questão de reforçar que são dicas rápidas e fáceis de aplicar, o que aumenta o engagement.

8.   Emails exclusivos

Oferecer algo exclusivo é simplesmente a melhor forma de motivar os subscritores a ficarem atentos às suas comunicações e aumentar o engagement. Podem, por exemplo, ser conteúdos exclusivos, descontos ou ofertas especiais – qualquer que seja o formato, o seu Cliente vai sentir-se especial, como se estivesse numa espécie de zona VIP.

A aplicação Calm premeia alguns Clientes especiais com uma subscrição vitalícia a 50% do preço habitual. Assim, passa uma mensagem de agradecimento ao mesmo tempo que cria uma sensação de urgência para aproveitar a oferta.

calm_app email

Conclusão sobre os 8 formatos de Email Marketing para TI

Para que os seus Clientes continuem interessados no seu conteúdo, tem de ir além dos emails genéricos que quase todas as empresas que têm um departamento de Marketing já têm o cuidado de publicar. Conforme já dissémos anteriormente:

  • Boas-vindas
  • Email Corporativos
  • Convite para eventos (webinars, eventos)
  • Apresentação de um novo produto
  • Comemorar datas especiais

Claro que este tipo de newsletters também é importante, mas não são o suficiente para se distinguir no oceano das caixas de entrada. Assim, as 8 sugestões que lhe deixamos são eficazes por fugirem à norma e oferecerem conteúdo relevante que traz valor à audiência, em vez de serem exclusivamente autopromotores. Por fim, não se esqueça: no Email Marketing, como em todas as outras componentes do Inbound, o conteúdo é feito a pensar no Cliente.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment